Corinthians - Títulos
   Copa das Nações - 1985
Home Todos os Jogos Últimos Jogos Próximos Jogos História Títulos Jogos históricos Ídolos Escudos Curiosidades Hino + Corinthians Blog
 Campeonato
 Paulista
 1914
 1916
 1922/1923/1924
 1928/1929/1930
 1937/1938/1939
 1941
 1951/1952
 1954
 1977
 1979
 1982/1983
 1988
 1995
 1997
 1999
 2001
 2003
 2009
 2013
 2017/2018
 Rio - São Paulo
 1950
 1953/1954
 1966
 2002
 Copa do Brasil
 1995
 2002
 2009
 Campeonato
 Brasileiro
 1990
 1998
 1999
 2005
 2011
 2015
 2017
 Campeonato
 Brasileiro Série B
 2008
 Libertadores da
 América
 2012
 Recopa
 Sul-Americana
 2013
 Mundial de
 Clubes
 2000
 2012
 Pequena Taça do
 Mundo
 1953
 Outros títulos
 Corinthians
 Todos os Jogos
 Últimos Jogos
 Próximos Jogos
 História
 Títulos
 Jogos Históricos
 Ídolos
 Escudos
 Curiosidades
 Hino
 + Corinthians
 Mais Futebol
 Almanaque das
 Copas
 Todos os Jogos
 das Copas
 O Autor
 Quem sou
 Contato
 Minhas fotos
 Reconhecimento
 Colaboradores
 Outros Sites
 Site Oficial
 Outros Links

Compartilhe:

Copa das Nações - 1985

*Texto escrito pelo colaborador Marcel Pilatti.

Em 1985, o Corinthians – lucrando com a venda de Sócrates, para o Fiorentina (Itália) – montou uma equipe com vários medalhões.

Carlos (titular na Copa de 1986), Édson e Juninho vieram da Ponte; o zagueiro Hugo De León viria do Grêmio, como a transação mais cara do país na época; Dunga viria do Inter; E, ainda, Serginho e João Paulo viriam do Santos campeão no anterior em cima do próprio Corinthians. Esses jogadores se juntariam a Biro-Biro, Zenon, Wladimir e Casagrande.

Era uma seleção, praticamente. No entanto, se tornaria a "Seleção de Papel". Zenon comenta: "Até hoje não entendo como não deu certo aquele time. Eu comparo muito essa história com a do Real Madrid na época do Ronaldo, Zidane, Figo, que foi montado para ganhar tudo e fracassou".


A "Seleção de Papel"
Em pé: Carlos, Casagrande, Serginho, Arturzinho, Dunga e João Paulo;
Agachados: De León, Juninho, Édson, Biro-Biro e Wladimir.

O time obteve pouquíssimos resultados, e eliminações precoces no paulista e no brasileiro. Em agosto daquele ano, porém, o Corinthians foi convidado a participar da "Los Angeles Nation Cup", tradicional torneio que reunia países e times na cidade californiana: a primeira edição ocorrera em 1983, e uma terceira se daria em 1990.

Junto ao Corinthians, estiveram presentes as seleções de México, Chile e Bulgária. Os times disputariam dois jogos cada (sorteio), com o campeão sendo decidido pelos pontos somados.

O primeiro adversário do timão foi a Seleção da Bulgária: um jogaço que terminou em 3 a 3, sempre com a Bulgária obtendo vantagem e o Corinthians buscando a igualdade. Para o Timão marcaram Casagrande, Eduardo e Zenon.

Dois dias depois, o Corinthians enfrentaria o Chile, que havia sido derrotado pelo México por 2 a 1: vitória corinthiana pelo mesmo placar. Ambos os tentos alvinegros foram assinalados por Paulo César. Casagrande perdeu um pênalti e ainda acabou expulso.

Naquela rodada, o México enfrentou a Bulgária, e empatou por 1 a 1. Empatados em pontos (3) e no saldo (1), a taça acabou ficando com o Timão por ter maior número de gols pró (5 contra 3) do que os mexicanos.

Corinthians, o “Campeão das Nações” de 1985!

Como curiosidade, apenas 3 dias depois da “final”, com caráter amistoso e em outra cidade dos EUA (dessa vez em San José), Corinthians e o selecionado mexicano finalmente se enfrentaram: 1 a 1.


Copa das Nações de 1985
(Foto: Arquivo Victor Hugo)

Campanha - Copa das Nações - 1985
25/08/1985 Seleção da Bulgária Bulgária 3 X 3 Corinthians SP
28/08/1985 Seleção do Chile Chile 1 X 2 Corinthians SP

Campanha - Copa das Nações - 1985
J V E D GP GC
2 1 1 0 5 4

*Texto escrito pelo colaborador Marcel Pilatti.


Compartilhe:

Voltar para o início da página


Home  |  Todos os Jogos  |  História  |  Títulos  |  Jogos Históricos  |  Ídolos  |  Escudos  |  Curiosidades  |  Hino  |  + Corinthians  |  Mapa do Site

Quem sou  |  Contato  |  Minhas Fotos  |  Reconhecimento  |  Colaboradores  |  Créditos e Agradecimentos
© 2007 - 2018 Victor Hugo Brizotto Garcia

Envie seu comentário, crítica ou sugestão para contato@todopoderosotimao.com Curta o Todo Poderoso Timão no Facebook!
Siga o Todo Poderoso Timão no Twitter!
Siga o Todo Poderoso Timão no Instagram!