Corinthians - Títulos
   Campeonatos Paulista - 1951/52
Home Todos os Jogos Últimos Jogos Próximos Jogos História Títulos Jogos históricos Ídolos Escudos Curiosidades Hino + Corinthians Blog
 Visite o Blog!
 Campeonato
 Paulista
 1914
 1916
 1922/1923/1924
 1928/1929/1930
 1937/1938/1939
 1941
 1951/1952
 1954
 1977
 1979
 1982/1983
 1988
 1995
 1997
 1999
 2001
 2003
 2009
 2013
 2017
 Rio - São Paulo
 1950
 1953/1954
 1966
 2002
 Copa do Brasil
 1995
 2002
 2009
 Campeonato
 Brasileiro
 1990
 1998
 1999
 2005
 2011
 2015
 Campeonato
 Brasileiro Série B
 2008
 Libertadores da
 América
 2012
 Recopa
 Sul-Americana
 2013
 Mundial de
 Clubes
 2000
 2012
 Pequena Taça do
 Mundo
 1953
 Outros títulos
 Home
 Corinthians
 Todos os Jogos
 Últimos Jogos
 Próximos Jogos
 História
 Títulos
 Jogos Históricos
 Ídolos
 Escudos
 Curiosidades
 Hino
 + Corinthians
 Blog
 Mais Futebol
 Almanaque das
 Copas
 Todos os Jogos
 das Copas
 O Autor
 Quem sou
 Contato
 Minhas fotos
 Reconhecimento
 Colaboradores
 Outros Sites
 Site Oficial
 Outros Links

Compartilhe:

Campeonatos Paulista - 1951/52

Rato treinou a equipe durante todo o Campeonato Paulista de 1951 e conseguiu dar uma grande alegria para a torcida corintiana, quando levou o Timão ao título estadual. Façanha que o clube não alcançava desde 1941.

Nunca, em toda a história, o Corinthians teve um ataque tão forte e arrasador quanto o do Paulistão de 51. Com Cláudio, Luizinho, Baltazar e Carbone, o Timão passou como um rolo compressor em cima de seus adversários e alcançou a incrível marca de 103 gols em apenas 28 partidas. Até então, apenas o Santos, em 1927, havia ultrapassado a marca dos 100 gols.

Com uma campanha quase perfeita, o Timão não encontrou qualquer equipe que pudesse tirar do Parque São Jorge o esperado título paulista. Nos 28 jogos, o alvinegro venceu 24 e perdeu apenas dois.

Um deles, no entanto, arranhou um pouco a imagem da vitoriosa campanha. No dia 25 de novembro, a Portuguesa bateu o Timão por 7 a 3 no Pacaembu. O goleiro Gilmar saiu de campo acusado como o culpado pela derrota. Assim, o futuro bicampeão do mundo foi barrado do time e só voltou em 1952. Entre as goleadas a favor, o Corinthians aplicou um 9 a 2 no Comercial, 7 a 1 no Jabaquara, 7 a 2 no Juventus e ainda 4 a 0 no São Paulo, time que o Corinthians não vencia havia cinco anos.

No jogo decisivo, mais um show corintiano. Jogando no Pacaembu, contra o Guarani, ganhou por 4 a 0 e sagrou-se campeão com duas rodadas de antecipação.

Na última rodada, para fechar com chave de ouro a conquista, o Corinthians derrotou o rival Palmeiras por 3 a 1.

O atacante Carbone, autor do centésimo gol, terminou o campeonato como principal artilheiro, ao anotar 30 gols.

Além de Carbone, mais dez jogadores colaboraram para que a equipe chegasse a inédita marca dos 103 gols: Baltazar, com 24 gols; Cláudio, 18; Luizinho, 13; Jackson, 10; Colombo e Nelinho, com dois cada; e Idário, Mário, Roberto e Sula, com um gol cada.

Embalado com a magnífica conquista, o Corinthians começou o ano seguinte disposto a repetir a mesma façanha do Paulistão de 1951.

Como contava com a mesma equipe, o sonho não parecia ser impossível. Esforçados, os jogadores até tentaram, mas não conseguiram chegar a marca dos 103 gols novamente. Porém, chegaram perto: em 30 jogos, a equipe fez 89 gols. Baltazar, artilheiro do campeonato, marcou 27 deles.

Aliás, em um só partida, o atacante marcou 5 gols, na goleada por 6 a 0 em cima do XV de Jaú. Com isso, ele tornou-se, ao lado de Teleco e, mais recentemente de Fernando Baiano, um dos raros jogadores que marcaram cinco vezes na mesma partida.

Nos anos 20 e 30, Teleco fez cinco gols em três partidas: 8 a 1 no Bahia, em 1926, 8 a 3 no Paulistano em 1937 e 6 a 2 no SPR, também em 37.

O bicampeonato paulista não ficou marcado pelo jogo decisivo, mas sim pelas vitórias emocionantes, como a de 6 a 4 no Palmeiras, e a virada espetacular por 3 a 2 no Tricolor. Aliás, esse jogo contra o São Paulo serviu apenas para ratificar a conquista. Na rodada anterior, mesmo perdendo para o XV de Jaú, o Timão já havia garantido a festa de seu 14ª título paulista, um recorde.

O goleiro Gilmar, que estava na reserva de Cabeção, retomou a posição. Assim como os zagueiros Homero e Olavo e os médios, Idário, Goiano e Roberto, que participaram da campanha dos título de 1951 e 1952. Carbone, com 20 gols, também brilhou na conquista ao lado dos outros atacantes Cláudio, Luizinho e Rafael.


Campeão de 1951
Em pé: Cabeção, Baltazar, Touquinha, Jackson, Lorena, Murilo,
Idário, Carbone, Julião, Luizinho e Cláudio.


Campeão de 1952
Em pé: Gylmar, Idário, Olavo, Goiano, Homero e Roberto Belangero;
Agachados: Cláudio, Luizinho, Baltazar, Rafael e Souzinha.

Campanha - Campeonato Paulista de 1951
02/06/1951 Nacional 2 X 3 Corinthians
09/06/1951 Corinthians 3 X 1 Ponte Preta
17/06/1951 Corinthians 5 X 2 XV de Piracicaba
23/06/1951 Comercial (capital) 2 X 9 Corinthians
29/07/1951 Corinthians 1 X 0 Radium
05/08/1951 Portuguesa 3 X 3 Corinthians
12/08/1951 Corinthians 7 X 1 Jabaquara (ex-Hespanha)
15/08/1951 Corinthians 3 X 0 Juventus
26/08/1951 Corinthians 4 X 0 São Paulo
09/09/1951 Portuguesa Santista 0 X 4 Corinthians
16/09/1951 Corinthians 4 X 1 Santos
23/09/1951 Guarani 0 X 4 Corinthians
30/09/1951 Corinthians 3 X 2 Ypiranga
07/10/1951 Palmeiras 3 X 2 Corinthians
20/10/1951 Corinthians 3 X 0 Nacional
28/10/1951 Ponte Preta 0 X 1 Corinthians
04/11/1951 XV de Piracicaba 2 X 3 Corinthians
11/11/1951 Corinthians 3 X 1 Comercial (capital)
17/11/1951 Corinthians 5 X 2 Radium
25/11/1951 Corinthians 3 X 7 Portuguesa
02/12/1951 Jabaquara (ex-Hespanha) 2 X 4 Corinthians
08/12/1951 Juventus 2 X 7 Corinthians
16/12/1951 São Paulo 1 X 4 Corinthians
30/12/1951 Corinthians 1 X 1 Portuguesa Santista
06/01/1952 Santos 2 X 4 Corinthians
13/01/1952 Corinthians 4 X 0 Guarani
19/01/1952 Ypiranga 0 X 3 Corinthians
27/01/1952 Corinthians 3 X 1 Palmeiras

Campanha - Campeonato Paulista de 1952
31/08/1952 Corinthians 3 X 2 Ponte Preta
07/09/1952 Corinthians 6 X 0 XV de Jaú
14/09/1952 Nacional 1 X 7 Corinthians
17/09/1952 Jabaquara (ex-Hespanha) 0 X 0 Corinthians
21/09/1952 Corinthians 6 X 2 Juventus
28/09/1952 Santos 2 X 3 Corinthians
05/10/1952 Corinthians 4 X 0 Ypiranga
12/10/1952 Radium 0 X 2 Corinthians
15/10/1952 Corinthians 4 X 0 Portuguesa Santista
19/10/1952 Corinthians 1 X 0 Comercial (capital)
26/10/1952 Corinthians 3 X 4 Portuguesa
02/11/1952 Corinthians 2 X 1 Palmeiras
05/11/1952 Corinthians 2 X 2 XV de Piracicaba
09/11/1952 Guarani 1 X 4 Corinthians
16/11/1952 Corinthians 1 X 2 São Paulo
23/11/1952 Ponte Preta 0 X 1 Corinthians
30/11/1952 Corinthians 3 X 0 Nacional
04/12/1952 Corinthians 5 X 0 Radium
07/12/1952 Portuguesa Santista 1 X 2 Corinthians
14/12/1952 Corinthians 2 X 1 Guarani
21/12/1952 Corinthians 1 X 3 Comercial (capital)
24/12/1952 Juventus 0 X 3 Corinthians
28/12/1952 XV de Piracicaba 2 X 1 Corinthians
31/12/1952 Ypiranga 1 X 2 Corinthians
04/01/1953 Corinthians 4 X 1 Santos
11/01/1953 Portuguesa 1 X 2 Corinthians
18/01/1953 Palmeiras 4 X 6 Corinthians
22/01/1953 Corinthians 2 X 0 Jabaquara (ex-Hespanha)
25/01/1953 XV de Jaú 3 X 1 Corinthians
01/02/1953 Corinthians 3 X 2 São Paulo

Campanha - Campeonato Paulista de 1951
J V E D GP GC
28 24 2 2 103 38
Campanha - Campeonato Paulista de 1952
J V E D GP GC
30 25 2 3 89 33

Compartilhe:

Voltar para o início da página


Home  |  Todos os Jogos  |  História  |  Títulos  |  Jogos Históricos  |  Ídolos  |  Escudos  |  Curiosidades  |  Hino  |  + Corinthians  |  Blog  |  Mapa do Site

Quem sou  |  Contato  |  Minhas Fotos  |  Reconhecimento  |  Colaboradores  |  Créditos e Agradecimentos
© 2007 - 2017 Victor Hugo Brizotto Garcia

Envie seu comentário, crítica ou sugestão para contato@todopoderosotimao.com Curta o Todo Poderoso Timão no Facebook!
Siga o Todo Poderoso Timão no Twitter!
Siga o Todo Poderoso Timão no Instagram!