Corinthians - Ídolos
   Marcelinho Carioca
 CORINTHIANS
 TODOS OS JOGOS
 ÚLTIMOS JOGOS
 PRÓXIMOS JOGOS
 HISTÓRIA
 TÍTULOS
 JOGOS HISTÓRICOS
 ÍDOLOS
 ESCUDOS
 HINO
 CORINTHIOSIDADES
 + CORINTHIANS
 O AUTOR
 QUEM SOU
 CONTATO
 MINHAS FOTOS
 RECONHECIMENTO
 COLABORADORES
 MAIS FUTEBOL
 TODOS OS JOGOS
 DAS COPAS

Compartilhe:

Marcelinho Carioca


2 comentários. Deixe seu comentário.


Marcelinho tem uma marca que será difícil ser quebrada: É o quinto maior artilheiro da história do Timão, o que o tornou um dos maiores ídolos da Fiel.

Basta ver a homenagem que a torcida fez a Marcelinho no jogo contra o Brasiliense, válido pelo Campeonato Brasileiro de 2005. Marcelinho, então jogador do Brasiliense, foi ovacionado antes e depois da partida, o que mostra a identificação de Marcelinho com o clube.

E não é pra menos. Marcelinho é um dos maiores jogadores da nossa história, com passagens importantes recheadas de títulos.

A paixão do torcedor por Marcelinho começou em 1995. Naquele ano, Marcelinho marcou gols na duas finais: contra Palmeiras, pelo Campeonato Paulista, e Grêmio, pela Copa do Brasil. Com papel de destaque nesses dois títulos, o "Pé de Anjo" entrou de vez no coração da Fiel.

No ano seguinte fez um dos gols mais bonitos de sua carreira, contra o Santos, na Vila Belmiro. O meia recebeu de Tupãzinho, deu um chapéu de letra num zagueiro e completou de primeira no alto do gol do santista Edinho (filho de Pelé), no empate em 2 x 2 em jogo válido pelo Campeonato Paulista. Esse gol rendeu a Marcelinho uma placa (perdida anos depois) dada "simplesmente" pelo Rei Pelé, que acompanhava o jogo de seu camarote e aplaudiu de pé a pintura do Pé de Anjo.

Deixou o Corinthians em 97 e foi para o Valência. Mas a sua volta iria mostra o quão querido ele era pelo torcedor corinthiano.

Com apenas 6 meses de Valência, a Federação Paulista de Futebol comprou o passe do jogador por 15 milhões de Reais e resolver inovar: criou o Disque-Marrcelinho e fez uma espécie de pesquisa telefônica, onde os torcedores dos 4 grandes de São Paulo ligavam para ter Marcelinho no seu time. A torcida que tivesse mais ligações, ficaria com Marcelinho.

Não precisa dizer que a torcida do Timão votou em peso, não é? Com 62,5% das ligações, Marcelinho retornou ao Corinthians para a sua passagem mais importante pelo clube. (em tempo: os demais clubes tiveram as seguintes porcentagens de ligação: São Paulo 20,3%, Santos 9,5% e Palmeiras 7,7%, e a Federação teve uma enorme dor de cabeça posteriormente).

Com a companhia de grandes craques (Ricardinho, Rincón, Vampeta, Edílson, Luizão, entre outros), Marcelinho se consagrou com o bicampeonato brasileiro de 98/99 e o Mundial de 2000, sendo um dos principais jogadores dessas conquistas.

No Brasileirão de 1999, ganhou a prestigiada Bola de Ouro, prêmio dado pela revista Placar para o melhor jogador da competição.

Deixou o clube em 2001, após desentendimentos com Ricardinho, não sem antes conquistar mais um título do Paulistão, marcando 2 gols no primeiro jogo da decisão, contra o Botafogo.

Teve uma nova passagem em 2006, onde não teve tanto sucesso como antes.

No início de 2010, foi escolhido pela diretoria para ser o "Senhor Centenário", perticipando de inúmeros eventos referentes ao centenário corintiano, além de ter feito uma partida de despedida, contra o Huracán, da Argentina, na vitória do Timão por 3 x 0.

Em 2019, em um uma pesquisa feita pelo site do Globo Esporte com 100 pessoas, foi eleito o segundo maior ídolo da história do clube, atrás apenas de Sócrates e na frente de Rivellino.

Segundo pesquisa divulgada por Tomás Rosalino em 2021, é o segundo jogador com mais assistências com a camisa do Timão, com 185 passes para o gol, considerando os jogos desde 1945, sendo superado apenas por Claudio. Mais uma marca incrível para um dos maiores ídolos da nossa história.

Merecidamente, é um dos poucos jogadores da história do Corinthians a ter um busto no Parque São Jorge, inaugurado em dezembro de 2020.

FICHA TÉCNICA

Nome: Marcelo Pereira Surcin
Nascimento: 31/12/1971 - Rio de Janeiro (RJ)
Posição: Meia-atacante
Número da Camisa: 7
Período em que jogou no Corinthians: 8 anos (de 1994 à 1997, de 1998 à 2001, 2006 e 2010)
Jogos: 433
Gols: 206
Títulos: 4 Campeonatos Paulistas (1995, 97, 99 e 2001), 1 Copa do Brasil (1995), 2 Campeonatos Brasileiros (1998 e 99) e 1 Mundial de Clubes (2000)


Compartilhe:

Deixe seu comentário:

Nome*

Comentário*


2 comentários

Antonio Carlos     29.01.2023 - 20:54
Eu tenho 50 anos de idade e nunca vi alguém bater falta com tanta perfeição como ele. Seja de longa distância ou não era caixa . Os adversários quando faziam falta, já ficavam preocupados pois quando Marcelinho carioca ia pra bater eles já sabiam .... Gooooooolllll de Marcelinho carioca Me lembro de um jogo contra o Palmeiras onde depois de um falta cometida no Corinthians, os jogadores palmeirense ficaram discutindo quase que brigando entre eles , pois sabiam que dali era gol e foi, pena que não me lembro a data Mais sei que era assim , falta era gol quase garantido do Marcelinho, Craque


Corinthians Hoje, sempre até o final     11.06.2021 - 22:14
Busto merecido!!!



Voltar para o início da página


Ado
Alessandro
Amílcar
André Santos
Balbuena
Baltazar
Basílio
Biro-Biro
Brandão
Cabeção
Carbone
Casagrande
Cássio
Chicão
Cláudio
Danilo
Del Debbio
Dentinho
Dida
Dinei
Dino Pavão
Dino Sani
Domingos da Guia
Edílson
Elias
Emerson Sheik
Ezequiel
Fábio Luciano
Fábio Santos
Fagner
Felipe
Filó
Flávio Minuano
Gamarra
Gambinha
Geraldão
Gil (atacante)
Gil (zagueiro)
Goiano
Grané
Guerrero
Guilherme Arana
Gylmar dos Santos Neves
Henrique
Homero
Idário
Jadson
Jango

Jorge Henrique
Liédson
Luizão
Luizinho
Mano Menezes
Marcelinho Carioca
Neco
Neto
Olavo
Oreco
Oswaldo Brandão
Oswaldo de Oliveira
Palhinha
Paulinho
Paulo Borges
Rafael
Rafael Perrone
Raphael Rodrigues
Ralf
Rato
Renato Augusto
Ricardinho
Rincón
Rivellino
Roberto Belangero
Rodriguinho
Romarinho
Romero
Ronaldo (goleiro)
Ronaldo Fenômeno
Ruço
Servílio
Sócrates
Sylvinho
Teleco
Tevez
Tite
Tobias
Tuffy
Tupãzinho
Vagner Love
Vaguinho
Vampeta
Vicente Matheus
Viola
Wilson Mano
Wladimir
Zé Elias
Zé Maria
Zenon



Home
História
Títulos
Jogos Históricos
Ídolos
Escudos
Hino
Corinthiosidades
Todos os Jogos

Últimos Jogos
Próximos Jogos

+ Corinthians
Quem sou
Minhas Fotos
Reconhecimento
Créditos e Agradecimentos
Colaboradores
Todos os Jogos das Copas

Mapa do Site

© 2007 - 2023 VICTOR HUGO BRIZOTTO GARCIA

Envie seu comentário, crítica ou sugestão para contato@todopoderosotimao.com Curta o Todo Poderoso Timão no Facebook!
Siga o Todo Poderoso Timão no Twitter!
Siga o Todo Poderoso Timão no Instagram!