Corinthians - Jogos Históricos
   Corinthians 1 x 1 Fluminense (1976)
 CORINTHIANS
 TODOS OS JOGOS
 ÚLTIMOS JOGOS
 PRÓXIMOS JOGOS
 HISTÓRIA
 TÍTULOS
 JOGOS HISTÓRICOS
 ÍDOLOS
 ESCUDOS
 HINO
 CURIOSIDADES
 + CORINTHIANS
 MAIS FUTEBOL
 TODOS OS JOGOS
 DAS COPAS
 O AUTOR
 QUEM SOU
 CONTATO
 MINHAS FOTOS
 RECONHECIMENTO
 COLABORADORES

Compartilhe:

Corinthians 1 x 1 Fluminense
A Invasão Corintiana (1976)


Nenhum comentário. Seja o primeiro a comentar.

Dia 5 de dezembro de 1976.

Corinthians x Fluminense. Semifinal do Campeonato Brasileiro.

O Corinthians, vindo dos 22 anos de jejum de títulos, tinha a chance de chegar à final caso vencesse o Fluminense, clube favorito à vaga, pois tinha um timaço: Carlos Alberto Torres, Dorval, Dirceu, liderados pelo ex-alvinegro Roberto Rivellino.

Mais de 70 mil torcedores corintianos foram ao Maracanã prestigiar o time, no que ficou conhecida como "A Invasão Corinthiana". Foi o maior deslocamento de pessoas no mundo por um evento esportivo de todos os tempos.

Para promover a partida, houve um esforço coletivo entre os dois cartolas: Francisco Horta, então presidente do Fluminense, em acordo com Vicente Matheus, trouxe para São Paulo pelos menos 50 mil ingressos, pagos antecipadamente pelo Corinthians. Houve também provocações por parte do presidente do clube carioca (hoje sabemos que essas provocações faziam parte do combinado para atrair o público corinthiano).

No entanto, o presidente das laranjeiras cometeu um erro: menosprezou a fiel. Não acreditou que tantos corinthianos iriam ao Rio. E declarou: "Que os vivos saiam de casa e os mortos saiam das tumbas para torcer pelo Corinthians no Maracanã, porque o Fluminense vai ganhar a partida".

A Fiel saiu. Com suas bandeiras, camisas e o grito de apoio. Com a vontade de suar pelo time nas arquibancadas, de ser o 12º jogador, de estar lá, pelo Corinthians.

A semana anterior ao jogo foi tomada de grande comoção, poucas vezes vistas na história. Grupos de amigos, famílias, pessoas sozinhas... todos tinham o mesmo pensamento: ir ao Rio apoiar o Coringão contra a "Máquina Tricolor", muitos sem ingresso.

E já a partir de sábado a Cidade Maravilhosa foi sendo tomada. Eles chegavam de carro, ônibus, avião e até de bicicleta. Calcula-se que, para isso, foram consumidos mais de 2 mihôes de litros de gasolina. Estima-se que entre 50 e 70 mil corinthianos saíram de São Paulo rumo ao Maracanã. E lá se juntaram ao corinthianos que lá residiam e aos torcedores de outros times rivais do Flu.

O clima era de decisão: jogo pegado, chuva no gramado e o estádio completamente dividido entre as duas torcidas.

Aliás, há controvérsias de que o estádio estava realmente dividido. Muitos relatos dizem que, se nas arquibancadas a divisão era igual, nas cadeiras o Corinthians ocupava pelo menos 2/3, mostrando que a torcida corinthiana pode ter sido maioria naquele domingo histórico, o que era a impressão de boa parte da imprensa.

No total, 146.043 torcedores acompanharam o jogo, sendo o 2º maior público da história do Corinthians.

A entrada do Corinthians em campo fui uma coisa sobrenatural, de arrepiar. Bandeiras, fogos e o grito da fiel fizeram o maior do mundo tremer.

Ver "Curiosidades - Maiores públicos do Corinthians".

Ver "Curiosidades - As Invasões Corinthianas".

Dentro de campo, jogo difícil. No tempo normal, Carlos Alberto Pintinho marcou aos 19 minutos de primeiro tempo. Logo depois, aos 29, Ruço empata para o Timão. A chuva já caía no estádio.

No intervalo da partida, a chuva piorou de tal forma que o gramado ficou todo prejudicado. Houve quem defendeu o adiamento da partida, prontamente refutada por Vicente Matheus: a torcida da Corinthians faz isso e vão adiar o jogo? De jeito nenhum. Claro que ele sabia que o campos naquelas condições era melhor para o Timão, inferior tecnicamente.

E depois de quase meia hora, os times votaram a campo para o segundo tempo. Mas não teve mais jogo. Com o empate ao fim do tempo regulamentar, o jogo foi para a prorrogação, onde também não teve jogo.

Então vieram os pênaltis. Agora a superioridade carioca não mais existia. Pelo contrário: o fator psicológico era todo do Coringão.

Que abriu o placar com Neca.

Rodrigues Neto bateu e Tobias defendeu, mas o árbitro mandou voltar. Na nova cobrança, Tobias defendeu novamente!

Ruço cobrou e fez 2 x 0 Corinthians!

Carlos Alberto Torres cobrou e Tobias defendeu mais uma!

Moisés fez e deixou o jogo quase decidido.

Mas Durval converteu o primeiro pênalti do Fluminemse.

Coube a Zé Maria converter o seu e pôr números finais a partida: 4 x 1 para o Timão e classificação histórica para a final.

A Fiel vai a loucura no Maracanã. A volta a São Paulo foi festa e alegria! Muitos não foram trabalhar na segunda, esgotados que estavam pela desgastante viagem.

A festa só não foi maior porque o time perdeu a final para o Inter uma semana depois, ao perder por 1 a 0. Ainda não fora daquela vez.

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS: Tobias, Zé Maria, Moisés, Zé Eduardo e Wladimir, Givanildo (Basílio), Ruço e Neca; Vaguinho, Geraldão (Lance) e Romeu. Téc.: Duque

FLUMINENSE: Renato, Rubens Galaxe, Carlos Alberto Torres, Edinho e Rodrigues Neto; Carlos Alberto Pintinho, Cléber (Erivélto) e Rivelino; Gil, Doval e Dirceu. Téc.: Mário Travaglini

Local: Estádio do Maracanã - Rio de Janeiro (RJ)
Data: 05/12/1976
Árbitro: Saul Mendes (BA)
Público: 146.043
Renda: Cr$ 4.027.250,00
Gols: Carlos ALberto Pintinho (18 - 1º) e Ruço (29 do 1º)


Compartilhe:

Seja o primeiro a comentar:

Nome*

Comentário*


Nenhum comentário


Voltar para o início da página


Corinthians 0 x 1 União da Lapa - O primeiro jogo (1910)

Corinthians 2 x 0 Estrela Polar - A primeira vitória (1910)

SCCP 1 x 0 MG / SCCP 4 X 0 SPSC - A ingressão na Liga Paulista (1913)

Corinthians 0 x 3 Torino (ITA) - O primeiro jogo internacional (1914)

Corinthians 4 x 0 Campos Elyseos - O primeiro título (1914)

Corinthians 2 x 1 Flamengo (RJ) - O primeiro jogo fora do Estado de São Paulo (1918)

Corinthians 11 x 0 Santos - A maior goleada (1920)

Corinthians 2 x 0 Paulistano - Campeonato Paulista de 1922

Corinthians 2 x 2 América RJ - A inauguração da Fazendinha (1928)

Corinthians 3 x 1 Barracas (ARG) - A primeira vitória internacional (1929)

Corinthians 3 x 2 Vasco - O "Campeão dos Campeões" (1930)

Corinthians 5 x 2 Santos - Duas vezes tri (1930)

Corinthians 4 x 1 Santos - Três vezes tri (1939)

Corinthians 4 x 2 Atlético MG - A inauguração do Pacaembu (1940)

Corinthians 4 x 1 Combinado Uruguaio - A primeira partida no exterior (1951)

Corinthians 1 x 0 Barcelona - Pequena Taça do Mundo (1953)

Corinthians 1 x 1 Palmeiras - Campeonato Paulista de 1954

Corinthians 0 x 2 Arsenal - O Timão foi Brasil (1965)

Corinthians 2 x 0 Santos - A quebra do tabu (1968)

Corinthians 4 x 3 Palmeiras - Campeonato Paulista de 1971

Corinthians 1 x 1 Fluminense - A Invasão Corintiana (1976)

Corinthians 1 x 0 Ponte Preta - O fim do jejum (1977)

Corinthians 3 x 1 São Paulo - Campeonato Paulista de 1982

Corinthians 10 x 1 Tiradentes - A maior goleada do Brasileirão (1983)

Corinthians 1 x 1 São Paulo - O Bi da Democracia (1983)

Corinthians 4 x 1 Flamengo - Campeonato Brasileiro de 1984

Corinthians 1 x 0 Corinthian-Casuals - O encontro de pai e filho (1988)

Corinthians 1 x 0 Guarani - Campeonato Paulista de 1988

Corinthians 1 x 0 Palmeiras - Campeonato Brasileiro de 1989

Corinthians 2 x 1 Atlético MG - Campeonato Brasileiro de 1990

Corinthians 2 x 1 Bahia - Campeonato Brasileiro de 1990

Corinthians 1 x 0 São Paulo - Campeonato Brasileiro de 1990

Corinthians 1 x 0 Grêmio - Copa do Brasil de 1995

Corinthians 2 x 1 Palmeiras - Campeonato Paulista de 1995

Corinthians 6 x 2 Atlético Paranaense - Copa do Brasil de 1997

Corinthians 1 x 1 São Paulo - Campeonato Paulista de 1997

Corinthians 2 x 0 Cruzeiro - Campeonato Brasileiro de 1998

Corinthians 8 x 2 Cerro Porteño - Libertadores da América de 1999

Corinthians 2 x 2 Palmeiras - Campeonato Paulista de 1999

Corinthians 3 x 2 São Paulo - Campeonato Brasileiro de 1999

Corinthians 0 x 0 Atlético Mineiro - Campeonato Brasileiro de 1999

Corinthians 2 x 2 Real Madrid - Mundial de Clubes da FIFA de 2000

Corinthians 0 x 0 Vasco - Mundial de Clubes da FIFA de 2000

Corinthians 4 x 3 Flamengo - Torneio Rio-São Paulo de 2001

Corinthians 2 x 1 Santos - Campeonato Paulista de 2001

Corinthians 1 x 1 São Paulo - Torneio Rio-São Paulo de 2002

Corinthians 1 x 1 Brasiliense - Copa do Brasil de 2002

Corinthians 3 x 2 São Paulo - Campeonato Paulista de 2003

Corinthians 5 x 1 Cianorte - Copa do Brasil de 2005

Corinthians 7 x 1 Santos - Campeonato Brasileiro de 2005

Corinthians 3 x 2 Universidad Católica - Libertadores da América de 2006

Corinthians 1 x 0 São Paulo - Campeonato Brasileiro de 2007

Corinthians 4 x 0 Goiás - Copa do Brasil de 2008

Corinthians 2 x 0 Ceará - Campeonato Brasileiro de 2008 - Série B

Corinthians 1 x 1 Palmeiras - Campeonato Paulista de 2009

Corinthians 3 x 1 Santos - Campeonato Paulista de 2009

Corinthians 2 x 2 Internacional - Copa do Brasil de 2009

Corinthians 4 x 2 Fluminense - O Hat-trick do Fenômeno (2009)

Corinthians 5 x 0 São Paulo - Campeonato Brasileiro de 2011

Corinthians 2 x 1 Atlético MG - Campeonato Brasileiro de 2011

Corinthians 1 x 0 Figueirense - Campeonato Brasileiro de 2011

Corinthians 0 x 0 Palmeiras - Campeonato Brasileiro de 2011

Corinthians 1 x 0 Vasco - Libertadores da América de 2012

Corinthians 1 x 0 Santos - Libertadores da América de 2012

Corinthians 1 x 1 Santos - Libertadores da América de 2012

Corinthians 1 x 1 Boca Juniors - Libertadores da América de 2012

Corinthians 2 x 0 Boca Juniors - Libertadores da América de 2012

Corinthians 1 x 0 Al-Ahly - Mundial de Clubes da FIFA de 2012

Corinthians 1 x 0 Chelsea - Mundial de Clubes da FIFA de 2012

Corinthians 1 x 1 Santos - Campeonato Paulista de 2013

Corinthians 2 x 0 São Paulo - Recopa Sul-Americana de 2013

Corinthians 2 x 0 Flamengo - A despedida do Pacaembu (2014)

Corinthians x Corinthians - A inauguração da Arena Corinthians (2014)

Corinthians 0 x 1 Figueirense - A inauguração oficial da Arena Corinthians (2014)

Corinthians 2 x 1 Internacional - A primeira vitória na Arena Corinthians (2014)

Corinthians 2 x 0 Palmeiras - O primeiro Dérbi da Arena Corinthians (2014)

Corinthians 3 x 2 São Paulo - O primeiro Majestoso da Arena Corinthians (2014)

Corinthians 3 x 0 Corinthian-Casuals - O reencontro de pai e filho (2015)

Corinthians 2 x 0 São Paulo - O primeiro Majestoso da história da Libertadores (2015)

Corinthians 3 x 0 Atlético MG - Campeonato Brasileiro de 2015

Corinthians 1 x 1 Vasco - Campeonato Brasileiro de 2015

Corinthians 6 x 1 São Paulo - Campeonato Brasileiro de 2015

Corinthians 1 x 1 Ponte Preta - Campeonato Paulista de 2017

Corinthians 3 x 2 Palmeiras - Campeonato Brasileiro de 2017

Corinthians 3 x 1 Fluminense - Campeonato Brasileiro de 2017

Corinthians 1 x 0 São Paulo - Campeonato Paulista de 2018

Corinthians 1 x 0 Palmeiras - Campeonato Paulista de 2018

Corinthians 2 x 1 São Paulo - Campeonato Paulista de 2019



HOME  |  TODOS OS JOGOS  |  HISTÓRIA  |  TÍTULOS  |  JOGOS HISTÓRICOS  |  ÍDOLOS  |  ESCUDOS  |  HINO  |  CURIOSIDADES  |  + CORINTHIANS  |  MAPA DO SITE

QUEM SOU  |  CONTATO  |  MINHAS FOTOS  |  RECONHECIMENTO  |  COLABORADORES  |  CRÉDITOS E AGRADECIMENTOS

© 2007 - 2020 VICTOR HUGO BRIZOTTO GARCIA

Envie seu comentário, crítica ou sugestão para contato@todopoderosotimao.com Curta o Todo Poderoso Timão no Facebook!
Siga o Todo Poderoso Timão no Twitter!
Siga o Todo Poderoso Timão no Instagram!