Corinthians - Ídolos
   Neco
 CORINTHIANS
 TODOS OS JOGOS
 ÚLTIMOS JOGOS
 PRÓXIMOS JOGOS
 HISTÓRIA
 TÍTULOS
 JOGOS HISTÓRICOS
 ÍDOLOS
 ESCUDOS
 HINO
 CORINTHIOSIDADES
 + CORINTHIANS
 O AUTOR
 QUEM SOU
 CONTATO
 MINHAS FOTOS
 RECONHECIMENTO
 COLABORADORES
 MAIS FUTEBOL
 TODOS OS JOGOS
 DAS COPAS

Compartilhe:

Neco


1 comentário. Deixe seu comentário.


Neco iniciou sua trajetória no Corinthians desde a fundação do clube. Seu irmão César foi titular no primeiro jogo da história do Timão, contra o união da Lapa. Neco, com 15 anos na época, já fazia parte do terceiro quadro do clube, dividindo as suas atenções com o Botafogo, famoso time de várzea.

Em 1913 fez seu primeiro jogo na equipe principal do Corinhians, de onde não saiu mais por um bom tempo.

Foi Neco, inclusive, que doou ao Corinthians a segunda bola da história do clube, comprada com o pouco dinheiro que ganhava como aprendiz de marceneiro.

Foram 17 anos de Corinthians. Ninguém ficou mais tempo no clube do que Neco, que jogou entre 1913 e 1930.

Extremamente técnico, além do bom finalizador, foi artilheiro dos Campeonatos Paulistas de 1914, com 12 gols, e 1920, com 24. Ele é o recordista de títulos paulistas, com oito conquistas, incluindo dois dos três tricampeonatos.

Junto com centro-médio Amílcar Barbuy, Neco foi o primeiro corintiano a ser convocado para a Seleção Brasileira, em 1916, para disputar o Campeonato Sulamericano, na Argentina. Com a camisa da Seleção, foi campeão sul-americano em 1919 e 1922. Em 1919, inclusive, teve grande destaque na conquista do primeiro título do Brasil na competição, fazendo a jogada do gol do título, contra o Uruguai, no primeiro tempo da segunda prorrogação!

Mas o que mais contribuiu para a sua popularidade, foi o seu pavio curto. Existem várias lendas e histórias a respeito de seu temperamento.

A lenda mais famosa é a da cinta. Para prender os calções, como era costume na época, os jogadores usavam uma cinta. Nas mãos de Neco, porém, ela tinha uma outra finalidade. Ao menor sinal de provocação do adversário, ele sacava sua cinta e corria para cima do infeliz que o tirava do sério.

Outra boa história data de 1915. O clube vinha mal financeiramente e estava à beira da falência. Neco, então, liderou um assalto à sede do clube, na madrugada, para "roubar" os móveis e troféus, evitando, assim, que fossem penhorados.

Merecidamente, é um dos poucos jogadores da história do Corinthians a ter um busto no Parque São Jorge.

Por essas e outras razões, Neco foi o primeiro grande ídolo alvinegro, com a cara do Timão.

Como técnico, foi campeão paulista em 1937.

FICHA TÉCNICA

Nome: Manoel Nunes
Nascimento: 07/03/1895 - São Paulo (SP)
Falecimento: 31/05/1977 - São Paulo (SP)
Posição: Ponta-esquerda, centroavante e meia
Período em que jogou no Corinthians: 17 anos (de 1913 à 1930)
Jogos: 297
Gols: 242
Títulos como jogador: 8 Campeonatos Paulistas (1914, 16, 22, 23, 24, 28, 29 e 30)
Título como técnico: 1 Campeonato Paulista (1937)


Compartilhe:

Deixe seu comentário:

Nome*

Comentário*


1 comentário

Riberoo     22.12.2020 - 10:11
O primeiro ídolo a gente nunca esquece



Voltar para o início da página


Ado
Alessandro
Amílcar
André Santos
Balbuena
Baltazar
Basílio
Biro-Biro
Brandão
Cabeção
Carbone
Casagrande
Cássio
Chicão
Cláudio
Danilo
Del Debbio
Dentinho
Dida
Dinei
Dino Pavão
Dino Sani
Domingos da Guia
Edílson
Elias
Emerson Sheik
Ezequiel
Fábio Luciano
Fábio Santos
Fagner
Felipe
Filó
Flávio Minuano
Gamarra
Gambinha
Geraldão
Gil (atacante)
Gil (zagueiro)
Goiano
Grané
Guerrero
Guilherme Arana
Gylmar dos Santos Neves
Henrique
Homero
Idário
Jadson
Jango

Jorge Henrique
Liédson
Luizão
Luizinho
Mano Menezes
Marcelinho Carioca
Neco
Neto
Olavo
Oreco
Oswaldo Brandão
Oswaldo de Oliveira
Palhinha
Paulinho
Paulo Borges
Rafael
Rafael Perrone
Raphael Rodrigues
Ralf
Rato
Renato Augusto
Ricardinho
Rincón
Rivellino
Roberto Belangero
Rodriguinho
Romarinho
Romero
Ronaldo (goleiro)
Ronaldo Fenômeno
Ruço
Servílio
Sócrates
Sylvinho
Teleco
Tevez
Tite
Tobias
Tuffy
Tupãzinho
Vagner Love
Vaguinho
Vampeta
Vicente Matheus
Viola
Wilson Mano
Wladimir
Zé Elias
Zé Maria
Zenon



Home
História
Títulos
Jogos Históricos
Ídolos
Escudos
Hino
Corinthiosidades
Todos os Jogos

Últimos Jogos
Próximos Jogos

+ Corinthians
Quem sou
Minhas Fotos
Reconhecimento
Créditos e Agradecimentos
Colaboradores
Todos os Jogos das Copas

Mapa do Site

© 2007 - 2023 VICTOR HUGO BRIZOTTO GARCIA

Envie seu comentário, crítica ou sugestão para contato@todopoderosotimao.com Curta o Todo Poderoso Timão no Facebook!
Siga o Todo Poderoso Timão no Twitter!
Siga o Todo Poderoso Timão no Instagram!