Corinthians - Títulos
   Mundial de Clubes da FIFA - 2000
Home Todos os Jogos Últimos Jogos Próximos Jogos História Títulos Jogos históricos Ídolos Escudos Curiosidades Hino + Corinthians Blog
 Visite o Blog!
 Campeonato
 Paulista
 1914
 1916
 1922/1923/1924
 1928/1929/1930
 1937/1938/1939
 1941
 1951/1952
 1954
 1977
 1979
 1982/1983
 1988
 1995
 1997
 1999
 2001
 2003
 2009
 2013
 2017
 Rio - São Paulo
 1950
 1953/1954
 1966
 2002
 Copa do Brasil
 1995
 2002
 2009
 Campeonato
 Brasileiro
 1990
 1998
 1999
 2005
 2011
 2015
 Campeonato
 Brasileiro Série B
 2008
 Libertadores da
 América
 2012
 Recopa
 Sul-Americana
 2013
 Mundial de
 Clubes
 2000
 2012
 Pequena Taça do
 Mundo
 1953
 Outros títulos
 Home
 Corinthians
 Todos os Jogos
 Últimos Jogos
 Próximos Jogos
 História
 Títulos
 Jogos Históricos
 Ídolos
 Escudos
 Curiosidades
 Hino
 + Corinthians
 Blog
 Mais Futebol
 Almanaque das
 Copas
 Todos os Jogos
 das Copas
 O Autor
 Quem sou
 Contato
 Minhas fotos
 Reconhecimento
 Colaboradores
 Outros Sites
 Site Oficial
 Outros Links

Compartilhe:

Mundial de Clubes da FIFA - 2000

O Corinthians entrou no ano 2000 com um único objetivo: conquistar o primeiro Mundial Interclubes da FIFA. Com sede no Brasil, foi realizado com os campeões de todos os continentes.

Grupo A

Disputado em São Paulo, no Morumbi, com a participação do Corinthians (representante do país-sede, campeão brasileiro de 1998), Real Madrid (campeão europeu e da Copa Toyota de 1998), Al Nasser (time árabe campeão asiático de 1998) e Raja Casablanca (time marroquino campeão africano de 1999). Assim como no grupo B, as partidas aconteciam em sistema de rodada dupla.

O primeiro jogo do grupo, que também abriu o Mundial, foi entre Real Madrid e Al Nasser. O Real venceu por 3 a 1.

No jogo de fundo, o Timão estreou contra o Raja Casablanca. No primeiro tempo, o Corinthians não marcou gols, apesar da boa quantidade de chances criadas.

No segundo tempo, o Timão começa com tudo e logo aos 4 minutos abre o placar. Marcelinho cruza para Luizão marcar: 1 a 0. O segundo gol do Corinthians saiu numa jogada confusa na área, aos 19 minutos. Ricardinho cobra falta. Fábio Luciano cabeceia. O goleiro defende. Fábio aproveita o rebote. A bola bate na trave superior, no chão e não entra. O juiz valida o gol. Placar final: 2 a 0.

O segundo jogo, contra o Real Madrid, era o jogo da classificação, afinal, o time que ganhasse praticamente estaria classificado para a final.

Em uma das partidas mais importantes de toda a sua história, o Corinthians precisou se superar para sair do Morumbi com um resultado satisfatório diante do poderoso Real Madrid. Antes do jogo, o cartola do clube espanhol esculachou com Edílson, dizendo que era um jogador qualquer, conhecido apenas no Brasil. Azar dele, que enfureceu o capeta.

Aos 19 minutos, o Real Madrid abre o placar com um gol de Anelka. Edílson, o “desconhecido”, empata o jogo aos 28 do primeiro tempo.

No segundo tempo, o Timão volta com tudo e Edílson vira o jogo aos 19 minutos, com um golaço: o Capetinha passou a bola por debaixo das pernas de Karembeu e fez o gol . A festa da Fiel só não foi maior por uma bobeada da zaga corintiana que deixou Anelka livre para driblar Dida e empatar o jogo, aos 25 minutos.

Porém o lance de mais suspense do jogo ainda estava por vir. Aos 36 minutos, Fábio Luciano faz pênalti em Sávio. Silêncio no Morumbi. Anelka se apresenta para cobrar. Só que no gol estava Dida, o goleiro que pega pênaltis. E ele pegou mais um, deixando o Corinthians vivo na competição. Placar final: 2 a 2. No jogo de fundo, o Al Nasser venceu o Raja Casablanca por 4 a 3.

Ver "Jogos históricos - Corinthians 2 x 2 Real Madrid - Mundial de Clubes da FIFA de 2000"

Na última rodada, o Timão iria enfrentar o Al Nasser. Antes desse jogo, o Real venceu o Raja por 3 a 2. O Corinthians entrou em campo sabendo que tinha que ganhar por dois gols de diferença para ir à final.

Sem esbanjar futebol, jogou pelo resultado. Um gol aos 24 minutos do primeiro tempo deu toda a tranqüilidade à Fiel. Edílson rolou para Ricardinho e este completou para as redes: 1 a 0. O placar permaneceu até o final do primeiro tempo, apesar do Timão ter criado outras chance de gols.

No segundo tempo, o domínio alvinegro continuou, mas a demora do segundo gol deixava a torcida apreensiva. Mas, aos 36 minutos, a galera explodiu de vez. Luizão serve Rincón que entra pela direita e bate, na saída de Khojalli. Placar final: 2 a 0. O Corinthians estava a um jogo de conquistar o mundo.

Grupo B

Disputado no Rio de Janeiro, no Maracanã, por Vasco (campeão da Libertadores da América em 1998), Manchester United (campeão europeu de 1999), Necaxa (time mexicano campeão da Concacaf 1999) e South Melborne (time australiano campeão da Oceania de 1999).

Na primeira rodada, a única grande zebra do Mundial. O Manchester empata com o Necaxa em 1 a 1, enquanto o Vasco ganha do South Melborne por 2 a 0.

A segunda foi aberta com o jogo que, na visão de muitos, decidiria o grupo. Final: Vasco 3 a 1 em cima dos diabos vermelhos do Manchester. No jogo de fundo, o Necaxa vence o South Melborne por 3 a 1.

A rodada final abriu com um jogo que não valia nada. Resultado: o Manchester venceu o South Melborne por 2 a 0, placar que deixou o time inglês, último campeão mundial até então (Copa Toyota), em quinto lugar. No jogo de fundo, o Vasco venceu o Necaxa por 2 a 1, e se classifica para a final, onde enfrenta o Corinthians.

A grande final

Antes da grande final, houve a decisão do 3º lugar, entre Real Madrid. O jogo terminou empatado em 1 a 1 e com este placar, o jogo foi decidido nos pênaltis. E aí, deu Necaxa: 4 a 3 em cima dos espanhóis.

No jogo de fundo, a finalíssima, realizada no dia 14 de janeiro, o Vasco recebia o Timão. Sagrar-se campeão mundial em cima do Vasco, em pleno Maracanã, não era tarefa fácil. Mas o Corinthians estava disposto a realizar esta proeza.

Para acompanhar o Timão na conquista do seu primeiro título mundial, a Fiel voltou a invadir o Rio de Janeiro. Com cerca de 30 mil corinthianos, desta vez a invasão foi mais discreta que em 76, mas não menos importante para empurrar o time em mais uma vitória histórica.

A paixão pelo Corinthians fez a torcida superar os limites da razão. Numa busca desenfreada por ingressos, alguns optaram por viajar ao Rio de Janeiro sem as entradas. Quase 300 ônibus deixaram a capital paulista em direção ao estádio mais famoso do planeta.

Ver "Curiosidades - As Invasões Corinthianas".

No primeiro tempo, o jogo termina empatado em 0 a 0, com os dois times perdendo algumas chances. No segundo tempo, a mesma coisa. O zero no placar levou a decisão para a morte súbita, ou Golden Gol (gol de ouro).

Novamente, nos 30 minutos, nenhum time foi capaz de marcar, o que levou a decisão do primeiro Mundial Interclubes reconhecido pela FIFA, para os pênaltis.

O Timão começou as cobranças, com Rincón batendo forte nocanto esquerdo de Helton. A bola bateu na trave e entrou: 1 a 0. Romário bate o pênalti seguinte e empata: 1 a 1. Fernando Baiano cobra o segundo pênalti e faz o segundo gol do Timão: 2 a 1. Na seqüência, Alex Oliveira empata em 2 a 2. Em seguida, Luizão faz 3 a 2. Aí entrou em campo a estrela do goleirão Dida. O lateral Gilberto bateu forte no canto esquerdo e Dida saltou para pegar. Continuava 3 a 2 para o Timão. O garoto Edú não sentiu a responsabilidade e também cobrou com perfeição: Corinthians 4 a 2. Viola fez a quarta cobrança do Vasco e colocou nas redes: 4 a 3. A seguir, Marcelinho poderia ter se consagrado ao fazer o gol do título, mas o goleiro Helton o impede, pegando o pênalti. O último pênalti foi cobrado por Edmundo, jogador experiente e no qual os vascaínos confiavam cegamente. Dida estava debaixo do gol, frio como sempre, esperando a cobrança para tentar nova defesa. Só que Edmundo cobrou o pênalti como se batesse um tiro de meta: longe do gol. Termina o jogo!!! O Corinthians é campeão do mundo!!! O coração da Fiel explodiu no Brasil inteiro.

Finalmente, o Corinthians prova que é o melhor time do planeta!

Ver "Jogos históricos - Corinthians 0 x 0 Vasco - Mundial de Clubes da FIFA de 2000"

Edílson foi o artilheiro do Timão com 2 gols e eleito o melhor jogador do Mundial.

Veja também:

Vídeo oficial da FIFA

Site da FIFA

Imprensa Mundial
(arquivo .ppt - 3.03 MB)


Em pé: Dida, Kléber, Fábio Luciano, Vampeta, Rincón e Adíson;
Agachados: Luizão, Índio, Ricardinho, Marcelinho e Edílson.


O jornal do dia seguinte
(Foto: Arquivo Victor Hugo)


A taça do mundo é do Corinthians
(Foto: Arquivo Victor Hugo)

Campanha - Mundial de Clubes da FIFA de 2000
Fase de Grupos
05/01/2000 Corinthians SP 2 X 0 Raja Casablanca MARROCOS
07/01/2000 Real Madrid ESPANHA 2 X 2 Corinthians SP
10/01/2000 Al Nassr ARÁBIA SAUDITA 0 X 2 Corinthians SP
Final
14/01/2000 Corinthians RJ 0 X 0 Vasco da Gama SP

Campanha - Mundial de Clubes - FIFA 2000
J V E D GP GC
4 2 2 0 6 2


Compartilhe:

Voltar para o início da página


Home  |  Todos os Jogos  |  História  |  Títulos  |  Jogos Históricos  |  Ídolos  |  Escudos  |  Curiosidades  |  Hino  |  + Corinthians  |  Blog  |  Mapa do Site

Quem sou  |  Contato  |  Minhas Fotos  |  Reconhecimento  |  Colaboradores  |  Créditos e Agradecimentos
© 2007 - 2016 Victor Hugo Brizotto Garcia

Envie seu comentário, crítica ou sugestão para contato@todopoderosotimao.com Curta o Todo Poderoso Timão no Facebook!
Siga o Todo Poderoso Timão no Twitter!
Siga o Todo Poderoso Timão no Instagram!