Corinthians - Títulos
   Torneio Rio - São Paulo - 2002
Home Todos os Jogos Últimos Jogos Próximos Jogos História Títulos Jogos históricos Ídolos Escudos Curiosidades Hino + Corinthians Blog
 Campeonato
 Paulista
 1914
 1916
 1922/1923/1924
 1928/1929/1930
 1937/1938/1939
 1941
 1951/1952
 1954
 1977
 1979
 1982/1983
 1988
 1995
 1997
 1999
 2001
 2003
 2009
 2013
 2017/2018
 Rio - São Paulo
 1950
 1953/1954
 1966
 2002
 Copa do Brasil
 1995
 2002
 2009
 Campeonato
 Brasileiro
 1990
 1998
 1999
 2005
 2011
 2015
 2017
 Campeonato
 Brasileiro Série B
 2008
 Libertadores da
 América
 2012
 Recopa
 Sul-Americana
 2013
 Mundial de
 Clubes
 2000
 2012
 Pequena Taça do
 Mundo
 1953
 Outros títulos
 Corinthians
 Todos os Jogos
 Últimos Jogos
 Próximos Jogos
 História
 Títulos
 Jogos Históricos
 Ídolos
 Escudos
 Curiosidades
 Hino
 + Corinthians
 Mais Futebol
 Almanaque das
 Copas
 Todos os Jogos
 das Copas
 O Autor
 Quem sou
 Contato
 Minhas fotos
 Reconhecimento
 Colaboradores
 Outros Sites
 Site Oficial
 Outros Links

Compartilhe:

Torneio Rio - São Paulo - 2002

Devido a mudanças no calendário futebolístico brasileiro, o Campeonato Paulista deixou de ser a principal competição. No lugar, ficou o Torneio Rio-São Paulo, que além dos 4 grandes de São Paulo (Corinthians, Palmeiras, Santos e São Paulo) e do Rio (Botafogo, Flamengo, Fluminense e Vasco), contou com a participação de mais cinco equipes paulistas (Portuguesa, Ponte Preta, Guarani, São Caetano e Jundiaí) e três cariocas (América, Americano e Bangu). O último paulista e carioca cairiam para o Campeonato Paulista e Campeonato Carioca, respectivamente. Antes de começar os campeonatos, Luxemburgo é demitido e no seu lugar entra o técnico tetra campeão pela Seleção Brasileira, Carlos Alberto Parreira.

O Corinthians estreou no Torneio Rio-São Paulo contra o Fluminense, no Maracanã. Não conseguiu a vitória, mas garantiu o empate em 1 a 1. Depois disso, o time se manteve bem no campeonato. Na primeira fase, teve apenas duas derrotas (Santos e Flamengo). O Timão perdeu o atacante Luizão, que brigou com a diretoria e foi embora, ficando mais difícil o sonho do título. Mas nem fez falta.

O time ainda bateu o São Paulo por 3 a 1, num o jogo em que o rival era o favorito. Ainda na primeira fase, o Corinthians conseguiu vencer o São Caetano pela primeira vez na história. O time chegou na última rodada em segundo lugar. Se vencesse o Vasco e o Palmeiras perdesse para a Ponte, o Corinthians terminaria a primeira fase em 1° lugar. E foi o que aconteceu. Com um gol nos acréscimos, o Timão venceu o Vasco por 1 a 0 e, favorecido pela derrota do Palmeiras em Campinas, terminou a primeira fase em primeiro lugar e iria pegar o São Caetano na semifinal. Porém, mesmo ficando em 1°, a regra não garantia vantagem ao Corinthians, graças às “inovações” do presidente da Federação Paulista de Futebol, Eduardo José Farah, que estabeleceu que em caso de empates no número de pontos e saldos de gols, o desempate seria quem tivesse menos cartões amarelos e vermelhos.

Semifinal

O primeiro jogo da semifinal, disputado no Pacaembu, não foi muito bom para o time do Corinthians. Jogando um mal futebol, o Timão conseguiu um ótimo empate em 1 a 1, diante de um São Caetano que só não venceu porque seus jogadores não foram tão bom de mira. Para piorar, o Corinthians recebeu 4 cartões amarelos contra 3 do São Caetano.

No jogo de volta, disputado no dia 28 de abril no Morumbi, o Corinthians mostrava os mesmos erros do primeiro jogo e não conseguia passar pela forte marcação do São Caetano. E o que é pior: aos 27 minutos do primeiro tempo, o time do ABC abre o placar: 1 a 0. no final do primeiro tempo, Wagner do São Caetano põe a mão na bola e como já tinha cartão amarelo, foi expulso, o que iria facilitar, e muito, a vida do Timão. No segundo tempo, o Timão entra bem melhor e consegue uma virada histórica. Com dois gols de Leandro (6 e 15 minutos) e outro de Rogério (35 minutos), o Corinthians se classifica para a final contra o São Paulo, que eliminou o palmeiras.

Final

No dia 5 de maio, Corinthians e São Paulo entram em campo para o primeiro jogo da final. No primeiro tempo, como sempre acontece, o Timão não jogou um bom futebol e terminou a primeira etapa perdendo por 1 a 0. Porém, no segundo tempo, o Corinthians provou que quando quer jogar, ninguém segura. O time entrou arrasador e aos 9 minutos já vencia por 2 a 1, com um gol de Deivid e outro de Leandro. Mas o lance mais bonito da partida ainda estava por vir. Aos 19 minutos, Gil recebe de Vampeta, dá um drible da vaca no zagueiro Emerson e toca na saída Rogério Ceni: 3 a 2. O Corinthians ainda perdeu um gol feito com Deivid e, como quem não faz toma, o São Paulo marcou seu segundo gol. Placar final: 3 a 2 Timão. Bastava um empate no próximo jogo e o Corinthians conquistaria o título que não conquistava desde 1966.

O segundo foi disputado no dia 12 de maio, dia das mães, no Morumbi. O São Paulo começou arrasador e marcou logo aos 2 minutos. Para piorar, o timão perdia nos cartões por 4 a 2. O Corinthians não conseguia articular um bom ataque e ainda via o São Paulo chegar com perigo e desperdiçar várias chances. Com os dois cartões que o São Paulo tomou, igualando em 4 a 4, essa derrota dava o título ao Timão. Mas estava por 1 cartão. No segundo tempo, o Corinthians volta melhor. O time ataca, mas não consegue o gol. O São Paulo nos contra-ataques também não consegue o gol. Quando todo mundo pensava que o jogo iria terminar 1 a 0 para o São Paulo, mas título para o Timão pelos cartões (4 a 4), Rogério, do Corinthians, bate uma falta perfeita e empata o jogo: 1 a 1. O São Paulo vem desesperado para cima mas não marca. Fim de jogo!

Ver "Jogos Históricos - Corinthians 1 x 1 São Paulo".

Corinthians, campeão pela 5ª vez do Rio-São Paulo, igualando-se a Santos e Palmeiras como os maiores vencedores da competição.


Em pé: Dida, Rogério, Fabrício, Fábio Luciano, Fabinho, Batata, Anderson, Vampeta, Kléber e Doni;
Agachados: Angelo, Santiago, Otacílio, Gil, Ricardinho, Leandro, Deivid e Renato.


O jornal do dia seguinte
(Foto: Arquivo Victor Hugo)


A taça do Rio-São Paulo de 2002
(Foto: Arquivo Victor Hugo)

Campanha - Torneio Rio-São Paulo de 2002
1ª Fase
20/01/2002 Fluminense RJ 1 X 1 Corinthians SP
26/01/2002 Corinthians SP 3 X 0 Americano RJ
30/01/2002 Santos SP 1 X 0 Corinthians SP
03/02/2002 Etti Jundiaí SP 2 X 2 Corinthians SP
09/02/2002 América RJ 0 X 2 Corinthians SP
17/02/2002 Portuguesa SP 1 X 4 Corinthians SP
23/02/2002 Corinthians SP 3 X 1 Bangu RJ
03/03/2002 Flamengo RJ 4 X 3 Corinthians SP
10/03/2002 Guarani SP 1 X 1 Corinthians SP
16/03/2002 Corinthians SP 3 X 1 Ponte Preta SP
20/03/2002 São Caetano SP 0 X 1 Corinthians SP
24/03/2002 Corinthians SP 3 X 1 Botafogo RJ
31/03/2002 Corinthians SP 3 X 1 São Paulo SP
07/04/2002 Palmeiras SP 0 X 0 Corinthians SP
14/04/2002 Corinthians SP 1 X 0 Vasco da Gama RJ
Semifinal
20/04/2002 São Caetano SP 1 X 1 Corinthians SP
28/04/2002 Corinthians SP 3 X 1 São Caetano SP
Final
05/05/2002 São Paulo SP 2 X 3 Corinthians SP
12/05/2002 Corinthians SP 1 X 1 São Paulo SP

Campanha - Torneio Rio - São Paulo de 2002
J V E D GP GC
19 11 6 2 38 19


Compartilhe:

Voltar para o início da página


Home  |  Todos os Jogos  |  História  |  Títulos  |  Jogos Históricos  |  Ídolos  |  Escudos  |  Curiosidades  |  Hino  |  + Corinthians  |  Mapa do Site

Quem sou  |  Contato  |  Minhas Fotos  |  Reconhecimento  |  Colaboradores  |  Créditos e Agradecimentos
© 2007 - 2018 Victor Hugo Brizotto Garcia

Envie seu comentário, crítica ou sugestão para contato@todopoderosotimao.com Curta o Todo Poderoso Timão no Facebook!
Siga o Todo Poderoso Timão no Twitter!
Siga o Todo Poderoso Timão no Instagram!