Corinthians - Títulos
   Torneio Rio - São Paulo - 2002
Home Todos os Jogos Últimos Jogos Próximos Jogos História Títulos Jogos históricos Ídolos Escudos Curiosidades Hino + Corinthians Blog
 Visite o Blog!
 Campeonato
 Paulista
 1914
 1916
 1922/1923/1924
 1928/1929/1930
 1937/1938/1939
 1941
 1951/1952
 1954
 1977
 1979
 1982/1983
 1988
 1995
 1997
 1999
 2001
 2003
 2009
 2013
 Rio - São Paulo
 1950
 1953/1954
 1966
 2002
 Copa do Brasil
 1995
 2002
 2009
 Campeonato
 Brasileiro
 1990
 1998
 1999
 2005
 2011
 2015
 Campeonato
 Brasileiro Série B
 2008
 Libertadores da
 América
 2012
 Recopa
 Sul-Americana
 2013
 Mundial de
 Clubes
 2000
 2012
 Pequena Taça do
 Mundo
 1953
 Outros títulos
 Home
 Corinthians
 Todos os Jogos
 Últimos Jogos
 Próximos Jogos
 História
 Títulos
 Jogos Históricos
 Ídolos
 Escudos
 Curiosidades
 Hino
 + Corinthians
 Blog
 Mais Futebol
 Almanaque das
 Copas
 Todos os Jogos
 das Copas
 O Autor
 Quem sou
 Contato
 Minhas fotos
 Reconhecimento
 Colaboradores
 Outros Sites
 Site Oficial
 Outros Links

Compartilhe:

Torneio Rio - São Paulo - 2002

Devido a mudanças no calendário futebolístico brasileiro, o Campeonato Paulista deixou de ser a principal competição. No lugar, ficou o Torneio Rio-São Paulo, que além dos 4 grandes de São Paulo (Corinthians, Palmeiras, Santos e São Paulo) e do Rio (Botafogo, Flamengo, Fluminense e Vasco), contou com a participação de mais cinco equipes paulistas (Portuguesa, Ponte Preta, Guarani, São Caetano e Jundiaí) e três cariocas (América, Americano e Bangu). O último paulista e carioca cairiam para o Campeonato Paulista e Campeonato Carioca, respectivamente. Antes de começar os campeonatos, Luxemburgo é demitido e no seu lugar entra o técnico tetra campeão pela Seleção Brasileira, Carlos Alberto Parreira.

O Corinthians estreou no Torneio Rio-São Paulo contra o Fluminense, no Maracanã. Não conseguiu a vitória, mas garantiu o empate em 1 a 1. Depois disso, o time se manteve bem no campeonato. Na primeira fase, teve apenas duas derrotas (Santos e Flamengo). O Timão perdeu o atacante Luizão, que brigou com a diretoria e foi embora, ficando mais difícil o sonho do título. Mas nem fez falta.

O time ainda bateu o São Paulo por 3 a 1, num o jogo em que o rival era o favorito. Ainda na primeira fase, o Corinthians conseguiu vencer o São Caetano pela primeira vez na história. O time chegou na última rodada em segundo lugar. Se vencesse o Vasco e o Palmeiras perdesse para a Ponte, o Corinthians terminaria a primeira fase em 1° lugar. E foi o que aconteceu. Com um gol nos acréscimos, o Timão venceu o Vasco por 1 a 0 e, favorecido pela derrota do Palmeiras em Campinas, terminou a primeira fase em primeiro lugar e iria pegar o São Caetano na semifinal. Porém, mesmo ficando em 1°, a regra não garantia vantagem ao Corinthians, graças às “inovações” do presidente da Federação Paulista de Futebol, Eduardo José Farah, que estabeleceu que em caso de empates no número de pontos e saldos de gols, o desempate seria quem tivesse menos cartões amarelos e vermelhos.

O primeiro jogo da semifinal, disputado no Pacaembu, não foi muito bom para o time do Corinthians. Jogando um mal futebol, o Timão conseguiu um ótimo empate em 1 a 1, diante de um São Caetano que só não venceu porque seus jogadores não foram tão bom de mira. Para piorar, o Corinthians recebeu 4 cartões amarelos contra 3 do São Caetano.

No jogo de volta, disputado no dia 28 de abril no Morumbi, o Corinthians mostrava os mesmos erros do primeiro jogo e não conseguia passar pela forte marcação do São Caetano. E o que é pior: aos 27 minutos do primeiro tempo, o time do ABC abre o placar: 1 a 0. no final do primeiro tempo, Wagner do São Caetano põe a mão na bola e como já tinha cartão amarelo, foi expulso, o que iria facilitar, e muito, a vida do Timão. No segundo tempo, o Timão entra bem melhor e consegue uma virada histórica. Com dois gols de Leandro (6 e 15 minutos) e outro de Rogério (35 minutos), o Corinthians se classifica para a final contra o São Paulo, que eliminou o palmeiras.

No dia 5 de maio, Corinthians e São Paulo entram em campo para o primeiro jogo da final. No primeiro tempo, como sempre acontece, o Timão não jogou um bom futebol e terminou a primeira etapa perdendo por 1 a 0. Porém, no segundo tempo, o Corinthians provou que quando quer jogar, ninguém segura. O time entrou arrasador e aos 9 minutos já vencia por 2 a 1, com um gol de Deivid e outro de Leandro. Mas o lance mais bonito da partida ainda estava por vir. Aos 19 minutos, Gil recebe de Vampeta, dá um drible da vaca no zagueiro Emerson e toca na saída Rogério Ceni: 3 a 2. O Corinthians ainda perdeu um gol feito com Deivid e, como quem não faz toma, o São Paulo marcou seu segundo gol. Placar final: 3 a 2 Timão. Bastava um empate no próximo jogo e o Corinthians conquistaria o título que não conquistava desde 1966.

O segundo foi disputado no dia 12 de maio, dia das mães, no Morumbi. O São Paulo começou arrasador e marcou logo aos 2 minutos. Para piorar, o timão perdia nos cartões por 4 a 2. O Corinthians não conseguia articular um bom ataque e ainda via o São Paulo chegar com perigo e desperdiçar várias chances. Com os dois cartões que o São Paulo tomou, igualando em 4 a 4, essa derrota dava o título ao Timão. Mas estava por 1 cartão. No segundo tempo, o Corinthians volta melhor. O time ataca, mas não consegue o gol. O São Paulo nos contra-ataques também não consegue o gol. Quando todo mundo pensava que o jogo iria terminar 1 a 0 para o São Paulo, mas título para o Timão pelos cartões (4 a 4), Rogério, do Corinthians, bate uma falta perfeita e empata o jogo: 1 a 1. O São Paulo vem desesperado para cima mas não marca. Fim de jogo!

Ver "Jogos Históricos - Corinthians 1 x 1 São Paulo".

Corinthians, campeão pela 5ª vez do Rio-São Paulo, igualando-se a Santos e Palmeiras como os maiores vencedores da competição.


Em pé: Dida, Rogério, Fabrício, Fábio Luciano, Fabinho, Batata, Anderson, Vampeta, Kléber e Doni;
Agachados: Angelo, Santiago, Otacílio, Gil, Ricardinho, Leandro, Deivid e Renato.


O jornal do dia seguinte
(Foto: Arquivo Victor Hugo)


A taça do Rio-São Paulo de 2002
(Foto: Arquivo Victor Hugo)

Campanha - Torneio Rio-São Paulo de 2002
1ª Fase
20/01/2002 Fluminense RJ 1 X 1 Corinthians SP
26/01/2002 Corinthians SP 3 X 0 Americano RJ
30/01/2002 Santos SP 1 X 0 Corinthians SP
03/02/2002 Etti Jundiaí SP 2 X 2 Corinthians SP
09/02/2002 América RJ 0 X 2 Corinthians SP
17/02/2002 Portuguesa SP 1 X 4 Corinthians SP
23/02/2002 Corinthians SP 3 X 1 Bangu RJ
03/03/2002 Flamengo RJ 4 X 3 Corinthians SP
10/03/2002 Guarani SP 1 X 1 Corinthians SP
16/03/2002 Corinthians SP 3 X 1 Ponte Preta SP
20/03/2002 São Caetano SP 0 X 1 Corinthians SP
24/03/2002 Corinthians SP 3 X 1 Botafogo RJ
31/03/2002 Corinthians SP 3 X 1 São Paulo SP
07/04/2002 Palmeiras SP 0 X 0 Corinthians SP
14/04/2002 Corinthians SP 1 X 0 Vasco da Gama RJ
Semifinal
20/04/2002 São Caetano SP 1 X 1 Corinthians SP
28/04/2002 Corinthians SP 3 X 1 São Caetano SP
Final
05/05/2002 São Paulo SP 2 X 3 Corinthians SP
12/05/2002 Corinthians SP 1 X 1 São Paulo SP

Campanha - Torneio Rio - São Paulo de 2002
J V E D GP GC
19 11 6 2 38 19


Compartilhe:

Voltar para o início da página


Home  |  Todos os Jogos  |  História  |  Títulos  |  Jogos Históricos  |  Ídolos  |  Escudos  |  Curiosidades  |  Hino  |  + Corinthians  |  Blog  |  Mapa do Site

Quem sou  |  Contato  |  Minhas Fotos  |  Reconhecimento  |  Colaboradores  |  Créditos e Agradecimentos
© 2007 - 2016 Victor Hugo Brizotto Garcia

Envie seu comentário, crítica ou sugestão para contato@todopoderosotimao.com Curta o Todo Poderoso Timão no Facebook!
Siga o Todo Poderoso Timão no Twitter!
Siga o Todo Poderoso Timão no Instagram!